ESCRITÓRIO NOTURNOTHE MAJORNECRONAUTA - O ALMANAQUE DOS MORTOSMSP - NOVOS 50

Sem DesContos #013 – A PRINCESA PARASITA

A rocha coberta de limo se fechou atrás do caçador. Vento frio beijando sua pele, quase apagando a tocha – única luz na madrugada no castelo abandonado da realeza. Pousou a bolsa no chão frio ao lado de restos de comida.

No teto, uma forma escura movimentava seu corpo insectóide fingindo indiferença, mexendo nos pêlos negros. Ele furou dedo com um punhal, deixou pingar. O corpo multiarticulado desceu sinuosamente pela parede atrás dele, assoprando pela boca aracnídea próximo a seu pescoço.

E pediu com voz aspirada, de entonação infantil, para ser alimentada. Assim mantinha todos sob jugo sedutor. Ele virou para trás rapidamente, abaixando-se e erguendo o punhal – perfurando o queixo da princesa até chegar ao cérebro.

Das entranhas, conforme a vida se esvaía em gemido agudo, escorreu gosma amarelo-esverdeada com restos de príncipes. E o fim da maldição que assolava um reino até então sem vida.

———————————————————————————-

sEM dEScONTOS – uma série de micro contos de 100 a 200 palavras sem tema, gênero ou estilo definido. a maioria escrita na hora. porque eu tava precisando. não vou prometer, mas se chegar a 100 contos vai ser legal. pra ler mais clique aqui.

Posts Recentes | Recent Posts:

Leia também: / Read More:

Sem Descontos #001 - NUNCA TEM TEMPO
Única foto que tirei ontem na Virada Ilegal - Deeeeds!
regram @sobreiro imprimindo as xilos do #baraomacaco com ajuda do Mestre @eduardobelga
Domingo, dia de faxinar a casa digital

Comments are closed.


Compre meus livros na Ugra Press: