ESCRITÓRIO NOTURNOTHE MAJORNECRONAUTA - O ALMANAQUE DOS MORTOSMSP - NOVOS 50

A padaria que parou de vender cigarro, a espiã da S0uza Cruz no governo e o display que criança gosta

- Valfredo Vilela Dourado é dono da padaria Pães e Doces Bonfim, de Osasco, São Paulo. Desde janeiro seu estabelecimento não vende mais cigarros da Souza Cruz e, a partir de julho, parou de comercializar os produtos da Philip Morris também. Segundo ele, o lucro da venda de cigarros é muito baixo, em torno de 7% apenas, e com a preferência atual dos consumidores em pagar as contas com cartões de débito ou crédito, deduzindo o que é gasto com as operadoras de crédito, sobra muito pouco. Além disso, Valfredo se impressionava com o marketing das fabricantes, que brigavam entre si para ter um espaço maior de publicidade no ponto de venda, e com pessoas doentes, muitas vezes idosos, comprando tabaco.

- Uma funcionária do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior desrespeitou uma das normas da OMS (Organização Mundial da Saúde) ao participar de uma reunião internacional em que se discutia formas de reduzir o consumo de tabaco, segundo uma entidade antitabagista. Ela ligou para a S0uza Cruz para relatar o conteúdo do encontro da OMS, de acordo com a própria funcionária.

- por que as embalagens e displays de maços de cigarro estão cada vez mais bonitos e coloridos? por isso:

fonte: ACT

Posts Recentes | Recent Posts:

Leia também: / Read More:

Após um ano, noite paulistana se adapta e aprova lei antifumo
pulmão de cigarro, cigarro de pulmão
Fumo passivo mata mais que tumores
Fumar não é apenas suicídio, é assassinato

Comments are closed.


RECOMENDADOS: