ESCRITÓRIO NOTURNOTHE MAJORNECRONAUTA - O ALMANAQUE DOS MORTOSMSP - NOVOS 50

A classe C invadiu mesmo o horário nobre ou só voltou a ele?

O povo sabe o que quer. Mas o povo também quer o que não sabe”, assinala Gilberto Gil em “Rep” (1998). A letra da música ajuda a explicar o enorme sucesso das novelas globais “Avenida Brasil” (com picos de 45 pontos e 70% do “share” neste mês) e “Cheias de Charme” (com picos de 38 pontos e 64% de “share” no mesmo período), mas de forma ambígua. Como em ambas as produções personagens mais populares desempenham papéis centrais, não são poucos a apontar a chamada “ascensão da classe C” como a única responsável pelo bom ibope – pela primeira vez o espírito suburbano estaria sendo representados na TV.

No entanto, especialistas e roteiristas discordam sobre a tese.

da matéria muito legal da Renata D’Elia pro Valor Econômico sobre os novos-antigos protagonistas e expectadores das novelas do momento e programas de variedades – com opinião de especialistas e roteiristas.

via @felipecunha

Posts Recentes | Recent Posts:

Leia também: / Read More:

2012 - o futuro chegou
João Emanuel Carneiro desnuda a Avenida Brasil na TV - que ele prefere ao cinema
Biblioteca básica: livros sobre roteiro para Cinema e TV
Videodrome

One response to “A classe C invadiu mesmo o horário nobre ou só voltou a ele?”

  1. Lécio says:

    Tramas boas e bem desenvolvidas, simples assim…


Compre meus livros na Ugra Press: